segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Depilação: mitos e verdades
Naíse em Sintonia com Você04:22 0 comentários

 
 
Cinco mitos e verdades sobre depilação à cera
1-    Reaproveitar a cera causa problemas à pele.
Verdade. A temperatura no qual a cera é aquecida não é suficiente para matar os microrganismos prejudiciais à pele.
2-    A depilação com cera causa flacidez na pele.
Mito. A flacidez é a falta de tonicidade da pele gerada por fatores genéticos, ambientais e de maus hábitos, como falta de exercícios físicos. A depilação não altera o tônus da pele, pois este processo é superficial.
3-    Esfoliar a pele evita que o pelo encrave.
Verdade. Pelo menos duas vezes por semana, para evitar o encravamento dos pelos, deve-se realizar esfoliação. Porém, não esfolie o local a ser depilado até 48 horas antes e após a depilação.
4-    Quem tem problemas de alergia na pele não pode fazer depilação com cera.
Mito. Pode-se realizar a depilação tranquilamente, mas é necessário a opinião de um dermatologista que avaliará quais os produtos e componentes causadores da alergia. É também muito importante fazer o teste de sensibilidade.
5-    Ao realizar tratamento dermatológico com ácido (como peeling), não é recomendada a depilação.
Verdade. A depilação não é recomendada para pessoas que estejam em tratamento dermatológico com ácido, pois pode causar danos à pele.

Eu faço depilação a cera há anos e, em Santiago, recomendo a depilação feita pela Raquel Lopes Gindri do Salão de Beleza Novo Estilo. A Raquel é extremamente profissional, delicada, competentíssima e faz um trabalho belíssimo tanto na área da depilação como na área da massoterapia. Fica a Dica!
Categoria:
Sobre o autor Naíse Munhões Quartieri, natural de Santiago – RS, graduada em Comunicação Social – Habilitação de Relações Públicas pela Universidade Federal de Santa Maria, especialista em Gestão de Pessoas pela URI – Campus de Santiago, especialista em Leitura, Análise, Produção e Reescritura Textual pela URI – Campus de Santiago. Facebook ou Twitter

0 comentários

Postar um comentário