terça-feira, 9 de julho de 2013

Como andar bem-vestida no frio?
Naíse em Sintonia com Você14:38 0 comentários

O frio apertou e agora, o que vestir? Apesar de ser considerada a estação mais elegante do ano, vestir-se bem no inverno não é tão simples assim. Quem veste muita roupa, uma por cima da outra, pode parecer um saco de batata!
Por outro lado, usar peças que não aquecem, como jaquetas jeans, por exemplo, também não é legal. Além de não aquecer, não combina com a estação. Prefira sempre tecidos para combater o frio, como lã, veludo, pelúcia, couros, peles, entre outros. O pulo do gato é misturar tecidos e materiais, como blusas de lã por baixo de casacos de couro, por exemplo.

As modelagens devem ser as mais básicas e clássicas para que as peças durem muitos invernos e não tenham cara que roupa fora de moda. Conheça alguns modelos que nunca saem de cena e são garantia de elegância na estação mais fria do ano:
Casaco longo ou trench coat – Os casacos longos, cuja altura fica próxima dos joelhos, são quentinhos e muito elegantes. As versões trench coat, que lembram a antiga gabardine e o clássico casaco de detetive, são um luxo que toda lady deveria ter! Além de lindos, eles são versáteis e podem ser usados também como vestido, por cima de meia-calça ou legging. Os casacões longos em tricô são outra saída para usar por baixo de outros de lã no frio extremo.
Cardigã – Casaquinho com gola em V e botões. Desde o tempo da vovó ele faz sucesso e deixa qualquer look elegante e quentinho. Pode ser usado por baixo de outros casacos e por cima de blusas de gola alta.
Blazer – Os de lã são mais quentinhos, já os de couro, não deixam passar o frio em dias de ventania. Ideal para qualquer ocasião, especialmente para trabalhar. É uma roupa versátil, que sempre transmite certa elegância. Se agregar outras peças clássicas como roupas de alfaiataria, o resultado é um look formal. Se misturar com peças descontraídas ou esportivas, como jeans e tênis, cria-se um visual moderno. Também vale usar com vestidos ou saias mais salto alto para compor produções femininas que ficam bem em qualquer idade.
Jaqueta – De náilon ou couro, são itens fundamentais para modernizar o visual de inverno. Quentinhas, práticas e confortáveis. Os modelos curtinhos e coloridos em couro estão em alta e servem para o dia e também para noite. As versões em náilon são esportivas e ótimas parcerias em programações de finais de semana.
Calça de lã ou couro – Qualquer corte, até mesmo a saruel com cara de alfaiataria, é sempre muito elegante. Versões em lã e oxford (parece tergal), são indicadas no trabalho ou para compor produções de estilo quando misturadas com tendências da estação. As calças de couro sintético ou em jeans resinado – que imita couro - aquecem e são um achado no frio.
Blusa de lã – De gola alta, decote em V ou redondo, são roupas básicas no inverno. As fininhas em V são ótimas para usar por cima de camisas. As grossas, caem bem por baixo de casacos de couro ou lã

Saias e vestidos – Mesmo no frio, é impossível dispensar a feminilidade. Saias e vestidos em lã, couro ou veludo são ótimas opções de inverno. Prefira sempre as versões clássicas e evite modismos para ter modelitos por muitos invernos. Use por cima de meia-calça bem grossa ou leggings.

Mantas e cachecóis – Indispensáveis acessórios para aquecer o pescoço e dar um toque final na produção. Para a noite, os modelos em pele ou com toque de brilho, são as mais indicadas. De dia, as tradicionais versões em lã são ideais, mas as feitas em malha também aquecem e com muito estilo.

Segunda pele – Quem não gosta de andar cheia de roupa pode lançar mão da segunda pele. Quando o frio aperta ou em uma festa, pode-se vestir até mais de uma para não correr o risco de passar frio.

Botas – Sinônimo de calçado de inverno, a bota está sempre em alta. As rasteiras são ótimas para o dia e bater perna ou passear. Já as de cano alto e salto mais bico fino são certeiras para produções elegantes e noturnas.
Fonte: Diário Gaúcho









Categoria:
Sobre o autor Naíse Munhões Quartieri, natural de Santiago – RS, graduada em Comunicação Social – Habilitação de Relações Públicas pela Universidade Federal de Santa Maria, especialista em Gestão de Pessoas pela URI – Campus de Santiago, especialista em Leitura, Análise, Produção e Reescritura Textual pela URI – Campus de Santiago. Facebook ou Twitter

0 comentários

Postar um comentário